segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Especialistas Brasileiros participam do 3º Encontro Norte - Nordeste de Fisioterapia Dermatofuncional e Estética, no Hotel Dorisol

3º ENFIDEFE acontece desta sexta-feira (26) até domingo (28)/Foto divulgação



Pernambuco sedia o 3º Encontro Nordeste-Nordeste de Fisioterapia Dermatofuncional e Estética (Enfidefe 2016) de 26 a 28 de Agosto, no Hotel Dorisol, em Piedade Jaboatão dos Guararapes. Estão sendo esperados participantes de diversas cidades do Brasil e até do exterior. O evento movimentará 23 palestras, 12 minicursos, 8 workshops e diversas apresentações de artigos científicos. Quais os principais tipos de quedas de cabelo: você sabe diferenciá-las? Quais as Técnicas inovadoras para o tratamento de Estrias Brancas? Porque Adoecemos e Envelhecemos?

Esses e outros temas integram a programação oficial do encontro que também conta com uma feira de equipamentos de estética aberta ao público. Dezesseis empresas estarão lançando novidades e expondo seus produtos no hall e no 1º andar do Hotel. A expectativa dos expositores da feira é atrair pelo menos mil pessoas, durante os três dias do evento.


O Encontro, que busca promover o desenvolvimento da Fisioterapia Dermatofuncional e melhorar a troca de conhecimento na área, traz a Pernambuco o que há de mais novo em lançamentos de produtos, estudos e tratamentos estéticos para o setor. Os participantes poderão aprofundar as discussões em workshops que analisarão temas como o Uso do Dermógrafo em Técnicas Estéticas; Despigmentação Estética: Tratamento com atuação em 17 mecanismos da formação da melanina; Peeling Cíclico Tox-Botulínico: aplicação de toxinas bioativas associadas a polipeptídeos para a reversão da Dermosenescência Celular; Abordagens cosméticas para peles sensíveis; bem como os tratamentos como a Laserterapia: A Evolução da Estética.

Os participantes ministrarão palestras consideradas de grande interesse para a área, como o Tratamento das Complicações Pós Criolipólises com recursos estéticos. E ainda, assuntos como os Mitos e Verdades em Carboxiterapia; Radiofrequência na Estética íntima; Linfotapping aplicado à estética, entre outros. 

Uma das palestras bastante esperada é a do fisioterapeuta João Alberto Tassinary, doutorando em medicina e ciência da saúde da Faculdade de Medicina da PUC/RS e professor do Centro Universitário UNIVATES. O especialista vem a Pernambuco para debater com os profissionais sobre a Alta Tecnologia para Tratamento da Gordura Corporal.

Outra palestra que promete despertar interesse dos participantes do encontro é a da especialista em fisioterapia dermatofuncional e mestre em doenças tropicais pela Universidade Federal do Pará, Caroline Constante. Ela falará os principais tipos de queda de cabelo, mostrando as principais diferenças de cada um. 

Tem ainda a palestra do farmacêutico e especialista em cosmetologia, Lucas Portilho que já atuou como coordenador de desenvolvimento de produtos da Natura Cosméticos e hoje coordena estágios internacionais de cosméticos na Itália, França e Mônaco. Ele falará sobre Fotoproteção e Envelhecimento Cutâneo.

Bruna Cabral, coordenadora do Enfidefe/Foto divulgação
Os palestrantes de vários estados brasileiros, convidados pela diretora da Rede de Clínicas Slim Medicina Estética, a fisioterapeuta Bruna Cabral são conhecidos do universo da fisioterapia demartofuncional: Fernanda Sanches, farmacêutica, bioquímica, cosmetóloga e presidente do Núcleo Científico de Pesquisa e Desenvolvimento das empresas Biomarine e Cosmobeauty; Danielle Bastos, Docente do Senac/RJ e professora convidada de cursos de Pós Graduação lato sensu em fisioterapia dermato funcional;Joyce Rodrigues, farmacêutica bioquímica, mestranda na Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP e fundadora do Instituto que leva Joyce Rodrigues;Dr. Orlando Sanches, com formação nas áreas de massofilaxia terapêutica e estética, micropigmentação dérmica, maquialagem para cinema e TV, especialização em drenagem linfática pós-cirurgica, além da formação técnica em Estética pelo SENAC/São Paulo. Ele é consultor da Revista Personalité e autor do livro "Drenagem Linfática Manual – Teoria e P´ratica", publicado pela editora SENAC, entre outros.

Os participantes do Encontro podem se inscrever em até 3 mini cursos/Foto Divulgação


O Enfidefe 2016 é promovido pela Rede de Clínicas Slim Medicina Estética e pela Unidade de Treinameto Estético (Unidermo) e conta com patrocínios da Ipupo Educacional, além de apoio de diversas empresas do segmento. Os participantes poderão fazer até três minicursos e os mesmos são exclusivos aos fisioterapeutas e estudantes de fisioterapia participantes. Cada mini curso custa R$ 120,00. As palestras, workshops, exposição de stands e artigos científicos estão inclusos no valor total do Evento e são direcionadas para esteticistas, fisioterapeutas e estudantes de fisioterapia. As inscrições podem ser feitas através do site www.enfidef.com.br e custam R$ 300,00 para estudantes e R$ 330,00 para profissionais. Informações: (81) 9 9661-0421.

SERVIÇO:
3° Encontro Norte-Nordeste de Fisioterapia Dermato Funcional
Quando: de 26 a 28 de Agosto de 2016
Local: Hotel Dorisol (Avenida Bernardo Vieira de Melo, 1624 – Piedade, Jaboatão dos Guararapes)
Informações e Inscrições: 81|9 9661-0421 | 3204.8200

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

A sexta-feira (06) promete ser animada com a agenda da 3ª edição da Feira do Livro do Vale do São Francisco

Miró da Muribena vai lançar seu trabalho na feira/Foto divulgação



O fim de semana promete uma programação agitada na região com as atividades da terceira edição da Feira do Livro do Vale do São Francisco, este domingo (07), que conta com nomes como os cronistas Luis Henrique Pellanda (finalista do Prêmio Jabuti 2012 com a obra "Nós passaremos em branco") e Antonio Carlos Viana ( vencedor do prêmio APCA em 2009, autor de "Jeito de matar lagartas") entre as mais de 70 atividades diversificadas pautadas pelo tema "Quem lê, viaja e aprende". "Este é um evento importantíssimo, pois levar a literatura a lugares longe dos grandes centros significa chamar a atenção para ela e formar novos leitores, coisa de que o Brasil precisa cada vez mais. Estou esperando muito desse encontro, quando teremos oportunidade de encontrar colegas de ofício falando de sua forma de ver e escrever o mundo", destaca o seripano Viana. E, com o peso que representa hoje, o evento conta com o apoio de parcerias como o Sebrae Petrolina, Museu Cais do Sertão, Iphan, Embrapa, Univasf, Cia. do Lazer e ANL – Associação Nacional das Livrarias, que se uniram para projetar a cultura aliada à educação em diversos formatos. Uma programação com entrada gratuita para todos os visitantes que integra debates, palestras, lançamentos, contação de histórias, bate papos, apresentações artísticas e culturais, atividades de formação, além de oficinas e ambientação para crianças e adolescente, assim como muitas novidades, deste ano. 

Entre os participantes da agenda desta sexta (05) até domingo (07) temos o pesquisador e professor Genivaldo do Nascimento, coordenador geral do Clisertão (Congresso Internacional do Livro, Leitura e Literatura no Sertão) em conversa sobre o trabalho de movimentação e divulgação da literatura brasileira na região. Mas, seremos também agraciados com a visão do escritor sergipano Antonio Carlos Viana, autor de "Jeito de matar lagartas", contista de referência no país, sobre a construção de suas histórias curtas que revelam lados curiosos do brasileiro. E ainda temos cronista paranaense Luís Henrique Pellanda, um dos nomes que está hoje reformulando a crônica no Brasil, que faz lançamento em primeira mão do seu novo livro "Detetive a Deriva". "Para alguém do Sul, como eu, ir a uma Feira do Livro às margens do Rio São Francisco, no sertão pernambucano, é quase uma alegria de fundo mítico, aquele tipo de alegria que me dá a certeza de que novas descobertas serão feitas. Sou de Curitiba, uma cidade de rios enterrados, e o São Francisco (que ainda não conheço) sempre me mesmerizou. Em relação ao crescimento da literatura no sertão, estou ansioso por esse encontro", diz o escritor que lança em primeira mão no Nordeste sua nova obra. 

"Nos últimos anos, tive a felicidade de conhecer grande parte do Brasil por conta do que escrevo e de minhas oficinas literárias. Quando comecei, jamais imaginei que escrever me traria um retorno tão concreto e prolífico quanto o que me dão esses encontros presenciais com tanta gente de tantos lugares diferentes. Sinto que o Brasil (não só o sertão, mas o litoral, os interiores, as cidades grandes) começa a ler, a ler-se, e a escrever-se melhor também. É quase uma tomada de consciência. Mais do que nunca precisamos fortalecer essas pontes entre quem lê e quem escreve Brasil afora", comenta Luis Henrique Pellanda. Ansioso por este encontro a agenda do escritor será movimentada com a realização ainda de uma oficina o cronista Luís Henrique Pellanda, que ministrará uma oficina sobre a importância da crônica. Mas, ainda teremos muita coisa boa no sábado (06) como a escritora pernambucana Micheliny Verunschk fala da transição da poesia para a prosa e do seu recém lançado romance "Aqui, no coração do inferno", que repensa o Brasil na virada entre os anos 70 e 80. Por sua vez, o poeta Miró da Muribeca, homenageado em 2015, na X Bienal Internacional do Livro de Pernambuco (evento realizado no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda), irá lançar seu novo livro "O Penúltimo Olhar Sobre as Coisas" e comemorará seus 56 anos com o público com um Recital Poético. 

Na Plataforma de Lançamentos, que é um dos espaços de grande relevância dentro da Feira, teremos quase 25 lançamentos e bate papos com escritores da região. Coordenada pelo parceiro e poeta de Juazeiro João Gilberto Guimarães Sobrinho, conta nesta edição com a maior agenda de projetos de expoentes da região no evento. Entre os nomes que integram seus projetos nesta iniciativa estão, por exemplo, nesta sexta (05), a escritora Ana R Costa de Petrolina, que lança às 14h, o seu "De Volta Pra Casa" que enfoca família e espiritualidade e faz com que o leitor tenha um encontro consigo mesmo e descubra qual o real propósito de sua vida, e desta forma possa ter vida em abundância; e o pesquisador Marcos Antonio Drumond, que apresenta às 19h30 o seu trabalho "Umbuzeiro", que retrata a cultura e o cultivo desta árvore nativa da caatinga, compartilhando com o público um pouco dos seus 40 anos de investigação na área pela Embrapa.

No sábado (06), cultura, conhecimento e pesquisa são pontos altos em destaque também na Plataforma de Lançamentos com o lançamento às 15h de "Blog do Noblat: Estilo e autoria em jornalismo" por Teresa Leonel, que desmistifica o olhar sobre a comunicação como mero ambiente informacional; o resgate às 16h30 da memória nordestina com o livro "Sertanejos de Petrolina" de Inácio Nogueira (in memorian), será lançado pelo seu filho Newton Pionorio, que marcam a importante contribuição do IF Sertão, como docentes da instituição de ensino; a beleza da consagrada e mundialmente obra do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry (1900-1944), às 17h, numa proposta inovadora com "O Pequeno Príncipe em Cordel" de Josué Limeira da Silva Júnior, uma adaptação da obra com ilustrações de Vladimir Barros; e a presença de Elisabet Moreira que coloca a tona o seu projeto "Para uma antropologia do sertão".

O universo lúdico enquanto narrativa própria também se faz presente no Palco da Feira do Livro, às 15h, na Contação de Histórias "O canto do Urutau", realizada por Ramon Dias e José Anderson do Educativo Cais do Sertão/Coletivo Lá no Meu Sertão Caboclo Lê. O Canto do Urutau traz para o público infantil uma imersão no universo místico sertanejo em forma de fábula, numa viagem musical que incentiva o interesse pela literatura e pelos contos e lendas que compõem o imaginário popular da região. E as peculiaridades das nossas cultura e tradições são destaque ainda no trabalho da pesquisadora Maria Alice Amorim que comanda na sala Sebrae 1, às 15h um bate papo com o tema "O Cordel no Terceiro Milênio", em que compartilha seu conhecimento e destaca como é essa produção nos dias da cibercultura, com Juliana da Mata Cunha ( historiadora do IPHAN) , Ana Ferraz ( Editora Coqueiro) e Rosilene Alves de Melo (Profª Drª da Universidade Federal de Campina Grande/PB) .

A agenda do fim de semana mantém uma pauta pensada e desenvolvida especialmente para integrar a criançada em um ambiente que interligue o lúdico com as adoradas brincadeiras, através da Bienalzinha, uma iniciativa vinculada às ações da Bienal Internacional do Livro de Pernambuco, em parceria com a Cia. do Lazer. A Bienalzinha na Feira do Livro do Vale do São Francisco movimenta uma agenda própria e envolve atividades para animar o público infantil como o Brincando com as Letras, Quiz Literário, Brinquedo Cantado, Cantinho da Criação, Jogos Gigantes, Gincana do Livro, Rally do Conhecimento, Contação de história interativa, além de bate papo com diversos autores.

As informações sobre essas atividades podem ser levantadas antecipadamente no site http://www.feiradovale.com.br/, assim como toda programação da III Feira do Livro do Vale do São Francisco.


SERVIÇO:
III FEIRA DO LIVRO DO VALE DO SÃO FRANCISCO 
Quando: De 04 a 07 de Agosto de 2016, das 14h às 21h
Onde: Centro de Convenções Nilo Coelho de Petrolina

Circuito Viva Academia chega à Jaqueira neste sábado(06)

O evento vai oferecer uma diversificada programação com corrida, funcional, dança, alongamento, massoterapia e brincadeiras para as crianças, das 5h30 às 12h/Foto google imagem


A Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Turismo e Lazer, oferece mais um sábado de muitas atividades físicas para quem quiser suar a camisa e conhecer as novas práticas e modalidades oferecidas pelas Academias Recife. O Circuito Viva Academia Recife, que está percorrendo as 13 unidades do projeto espalhadas pela cidade, chega à Jaqueira neste sábado (6).

A programação começa às 5h30, com aula de musculação. A partir das 6h, vai ter corrida, funcional de força e localizada, aulão de dança, alongamento e até massoterapia.Para a criançada esquecer o celular e dar uma trégua aos onipresentes monstros japoneses, vai ter capoeira, corrida de saco, queimado, barra bandeira, cabo de guerras vôlei, entre outras atividades. Tudo pela manhã, a partir das 8h.

O Circuito Viva Academia Recife está passando por todas as unidades do projeto para divulgar as novidades implementadas no mês passado. Entre as novas modalidades oferecidas estão: vôlei, futebol, capoeira, funcional, combat e step, ginástica localizada e aeróbica, dança popular, além de recreação, atividades para a terceira idade, dança de salão e até contação de histórias. O horário de funcionamento das academias também mudou, passando a ser de segunda a sexta, das 5h30 às 11h30 e das 14h às 21h, e nos sábados das 5h30 às 12h30.

As academias do Segundo Jardim e de Santo Amaro já receberam a programação. As próximas unidades contempladas serão as do Ipsep, Ibura, Lagoa do Araçá, Santana, Coque, Engenho do Meio, Várzea, Torre e Macaxeira, sendo um evento a cada sábado.

Circuito Viva Academia Recife - Jaqueira
5h30 às 8h40 - Musculação
6h às 7h - Corrida
7h às 8h - Funcional de força e localizada
8h às 9h - Aulão de dança
8h às 11h - DJ
8h às 12h - Atividades infantis
9h às 10h - Funcional aeróbico
10h às 11h - Abdominal
11h às 12h - Alongamento e Massoterapia

Curso promove a arte de falar e apresentar suas ideias

Foto/Google Imagem






O Espaço Ser promove o curso A arte de falar e apresentar suas ideias, em três módulos, nos meses de agosto, setembro e outubro. O objetivo é desenvolver o poder de comunicar-se com clareza, apresentando suas ideias, visando ser entendido para atingir objetivos e é voltado para todas as pessoas que possuem interesse em melhorar sua comunicação oral e verbal. São 70 horas de treinamento divididas em três etapas: Módulo I,que acontece nos dias 19, 20 e 21/08/2016; o Modulo II, realizado nos dias 16, 17 e 18/09; e oModulo III será dias 14, 15 e 16/10. 

Os encontros acontecem nas respectivas datas, nas sextas-feiras (19h às 22h), sábados (8h às 12h e 13h30 às 18h30) e domingos (8h às 12h e 13h30 às 18h). Todo o treinamento será enriquecido com Técnicas de Programação Neurolinguística. O primeiro módulo é voltado para a desinibição, para que o participante possa se alinhar, equilibrar corpo e mente. Nos dois módulos seguintes, o treinamento visa trabalhar oratória. Os encontros serão promovidos por Silvia Helena Gusmão e facilitados por Marcia Lech, trainer instrutora em Programação Neurolinguística, com formação em Coach Sistêmico; e Mario Jorge é graduado no Silva's Mind Control, e possui certificação em "Hipnose Ericksoniana". O investimento em cada módulo é de R$ 500,00. Informações e inscrições com Silvia Helena Gusmão fone: (81) 98805 7004 (claro) e (81) 99928 34 04 (Tim) | E-mail: espacoserecife@espacoser.com

Segundo a organizadora do evento, Silvia Helena, saber falar, seja em público ou com apenas um interlocutor, tem sido uma das habilidades essenciais para o homem, em todos os tempos. "Apresentar suas ideias com ordem e coerência, ter a capacidade de persuasão, domínio das palavras e superar os medos de comunicar-se com pessoas, constituem um diferencial para qualquer um no mundo atual".

Silvia diz que a oratória é uma prática necessária, não só para quem precisa estar à frente de grupos, mas também para vida diária que nos exige excelência na comunicação verbal, em todos os setores da vida. "Falar bem é uma aptidão que pode ser aprendida e desenvolvida! Se você quer otimizar sua fala,​ para muitas ou poucas pessoas ou apenas apresentar-se e interagir, não importa, conheça estratégias para superar o medo, lidar bem com situações e imprevistos! Você pode aprender formas simples de controlar o nervosismo com técnicas que vão liberar a ansiedade no momento de falar em público.

O conteúdo dos cursos aborda os seguintes assuntos: Conhecer o básico essencial para uma boa comunicação; sustentar sua argumentação com confiança e poder pessoal; vencer a timidez e o medo de falar em qualquer situação; ampliar seu repertório de comunicação e relacionamento; desenvolver a atenção fazendo ajustes na comunicação; ter segurança para expressar suas ideias em público; acessar estar dos poderosos de excelência para falar; fazer amigos e deixar uma boa impressão; transmitir segurança e fluência; aprender a criar presença pessoal; tocar sua paz interior e aprender a fluir com elas; vivenciar o processo interior "MDR".

Para quem não conhece, o MDR (Meditando, Dançando e Respirando), é um processo interior para ir para dentro de si mesmo, através de meditações ativas e passivas, danças e respiração consciente. "E quando estamos alinhados, (mente + emoção + respiração), 'expandimos a nossa presença que pode fazer a diferença'. Na realidade são realização dos nossos objetivos, pois nos dá a serenidade e o equilíbrio diante de plateia e em situações inesperadas no dia-a-dia", comenta Silvia Helena.




Márcia Lech/Foto divulgação
SOBRE OS FACILITADORES: Marcia Lech - Terapeuta, Palestrante e Consultora. Trainer Instrutora em Programação Neurolinguística. Formação em Coach Sistêmico. Mestra Reiki pela Causay-Associação Espanhola de Terapias Complementares em Madri-(Espanha). Curso Intensivo de Psicologia Tibetana Budista e Psicologia Transpessoal pela Associação Brasileira de Psicologia Transpessoal em Dharamsala e Curso Nível Nadi Pariksha (Ayurvedic Pulse Diagnosis) em Bangalore, ambos na Índia. Instrutora Firewalking (caminhando sobre brasas). Formação em Leitura Corporal (Imagem e Auto-Imagem) com CreScer/SC. Especialização em Técnicas Corporais Ativas, Meditações Orientais, Tibetanas e Danças Sagradas. Formação em Terapia Integração Craniossacral®. Formação em Constelações Familiares segundo Berti Hellinger pelo Instituto Luz do Ser-Curitiba-PR. Criadora e Facilitadora dos Programas "Integração do Ser - Educação Emocional e Mental", "O Caminho de Cura Interior", "Você Pode Escolher a Sua Vida", "MDR - Processo Interior". Programas que desenvolvem o crescimento pessoal e equilíbrio interior com o objetivo de alinhar a pessoa no caminho da realização pessoal e profissional. Vem realizando palestras e treinamentos em prol da Potencialização do Talento Humano há 21 anos. Pratica a meditação há 17 anos como processo de auto-conhecimento e transformação pessoal. Criadora do CD Meditações Quânticas de Cura. Diretora da Espaço Ser - Potencialização de Talentos.



Mário Jorge Chagas/Foto divulgação
Mario Jorge Chagas - Graduado no Silva's Mind Control. Possui Licenciatura e Bacharelado em Matemática. "Trainer em Programação Neurolinguística" pelo INAP (Instituto de PNL Aplicada Rio de Janeiro). Facilitador dos Programas Atitude Ambiental e Agentes Educacionais, na VALER (Universidade Corporativa da Vale). Aplica Treinamentos para Desenvolvimento de Pessoas e Organizações na Área de Gestão de Projetos, Programação Neurolinguística e atendimentos de Coaching. Formação Internacional em Coaching Evolutivo. Formação em Coaching Executivo pelo InCoaching. Oratória pela "Oratória Rogéria Guida". Oratória pela "Escola de Palestrantes" - INAP Rio. Formação Livre em Psicoterapia de orientação Humanista - Linha da Gestalt-Terapia. Certificação "Hipnose Ericksoniana" - Instituto Milton Erickson do Rio de Janeiro.

Certificado em Panorama Social - Resolução de Conflitos e Melhora nos Relacionamentos, com Lucas Derks (Holanda). Upgrade Nine: PNL & ENEAGRAMA - Khristian Paterhan e Marina Bueno. Foi membro do Project Management Institute (Matriz - EUA e Chapter Rio de Janeiro). Teve a Certificação Internacional como Projeto Management Professional (PMP) do Project Management Institute - PMI. Atuou por vários anos em grandes empresas, IBM Brasil e Embratel, na função de Gerente de Projetos, coordenando equipes multidisciplinares em direção aos objetivos dos Projetos. Integrante ativo da Equipe Espaço Ser-Potencialização de Talentos.

SERVIÇO
A arte de falar e apresentar suas ideias
Modulo I: 19, 20 e 21 de agosto de 2016
Modulo II: 16, 17 e 18 de setembro de 2016
Modulo III: 14, 15 e 16 de outubro de 2016


DIAS E HORÁRIOS

Sexta-feira: 19h às 22h
Sábado: 8h às 12h e 13h30 às 18h30
Domingo: 8h às 12h e 13h30 às 18h



ONDE:
Convento do Colégio Rosa Gattorno
Rua Dr. José Maria, 1096 - Rosarinho, Recife – PE (Vizinho ao Colégio Rosa Gattorno)
Informações e inscrições com Silvia Helena Gusmão fone: (81) 98805 7004 (claro) e (81) 99928 34 04 (Tim) | E-mail: espacoserecife@espacoser.com | www.espacoser.com

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Nomes da literatura internacional, nacional, regional e local aportam na 3ª da Feira do Livro do Vale do São Francisco esta quinta (04)

- O premiado autor português Luís Serguilha e Antonio Carlos Viana, um dos maiores contistas do Brasil, integram agenda do evento com cerca de 70 atividades diferenciadas -


Começa nesta quinta (04) mais uma edição da Feira do Livro do Vale do São Francisco, que movimenta até domingo (dia 07 de agosto) a região com mais de 70 atividades diversificadas entre palestras, oficinas, lançamentos, contação de histórias, trabalhos de integração para o público infantil, bate papos, apresentações artísticas e culturais, atividades de formação, etc. Muitas novidades incrementam a programação deste terceiro ano do evento, que se tornou o maior sucesso na região e vai esquentar a temperatura do Centro de Convenções Senador Nilo Coelho, com uma vasta agenda gratuita para todos os públicos. "A Feira do Livro do Vale do São Francisco se concretiza cada vez mais como um catalizador cultural e literário para a região, contribuindo não só com uma agenda própria de entretenimento mas ainda como fomentador de conhecimento através da literatura e de ações pautadas pela leitura", diz Rogério Robalinho, empreendedor cultural e diretor da Cia. de Eventos, que está a frente da iniciativa.

Co-realizada pela Secretaria de Educação da Cidade, pela produtora Cia. de Eventos e pela Ideação, a Feira contará com diversos nomes de destaque dentro das atividades que acontecem durante quatro dias, sempre das 13 às 21h, como o romancista e cineasta Fernando Monteiro, vencedor em 2013 do primeiro Prêmio Pernambuco de Literatura, na Categoria Romance, com O Livro de Corintha, que integra a programação de palestras nesta quinta (04), às 19h, que trabalhará em palestra Como escrever o contemporâneo?, na Sala 2 do Sebrae, anexo ao Pavilhão do Centro de Convenções. "A programação da Feira do Livro do Vale do São Francisco nesse ano é marcada pela fala do escritor Fernando Monteiro, que terá como tema o questionamento de como escrever sobre o contemporâneo, sobre o compromisso que o escritor tem na hora de começar a pensar em um livro e a publicar. Temos Antonio Carlos Viana, um dos maiores contistas do Brasil; o cronista Luís Henrique Pellanda, que ministrará uma oficina sobre a importância da crônica; além de Micheliny Verunschk, que está para lançar um romance sobre a história recente do Brasil e a sua própria história; o poeta Miró também lançará seu novo livro que fala do seu difícil processo de recuperação, o Penúltimo olhar sobre as coisas", diz o curador Schneider Carpeggiani.

Mas, expoentes da região mostram a sua força na plataforma de lançamentos, que começa às 14h, como Flávia Maria de Brito Pedrosa na quinta-feira (dia 04) que apresenta os trabalhos "Todos podem desenhar" e "Designare: pontes artístico/educativas na formação docente em Artes Visuais"; Jackson Roberto Guedes, Raimundo Gonçalves, Ana Paula de Oliveira com "ANNONACEAE"; e Luciana Duccini com "Diplomas e Decás. Identificação Religiosa de Membros da Classe Média no Candomblé". Um processo de reforço de novos e talentosos potenciais da nossa terra para o cenário literário pernambucano e brasileiro. "Penso que o Vale do São Francisco tem uma capacidade ainda não visualizada em nível do estado de Pernambuco quando se trata de literatura, há excelentes trabalhos sejam científicos ou literários, que contribuem significativamente em diversas áreas. A meu ver, representa mais um passo para o estímulo a leitura tanto escrita quanto visual. Vivemos em um país de sério analfabetismo visual, isso afeta aspectos estéticos, históricos e criativos que vão de escolhas simples do cotidiano à complexidade do sentido de estar aqui e agora", destaca Flávia Pedrosa Vasconcelos.

Para dar voz a esses expoentes, a Feira do Vale abre espaço para 28 trabalhos que se apresentarão em nossa Plataforma de Lançamento com publicações das mais diferentes áreas, formatos e gêneros. A ideia do espaço é manter a proposta iniciadas na primeira edição em 2014, quando iniciado este projeto literário. "Considero esta uma boa oportunidade para apresentação de trabalhos dos autores, pois poderão divulgar seus trabalhos para toda a região. Isso dará uma maior visibilidade às obras apresentadas. Essa será uma oportunidade de divulgação para um público mais diversificado", reforça Jackson Guedes. E esta interligação com a literatura local estará focada ainda em discussões em outros espaços expositivos que também contarão não só com lançamentos como também com leituras e contação de histórias, como o Espaço da Bienalzinha na qual teremos bate papo com autores de obras mais voltadas para o público diariamente, às 17h30. 

Para quem busca ampliar seus conhecimentos, estarão sendo oferecidas oficinas variadas, durante os quatro dias da Feira do Livro do Vale do São Francisco 2016, voltadas para professores, educadores, arte-educadores e pessoas interessadas, realizadas com o apoio da ANL, Univasf, o Sebrae, o Museu Cais do Sertão, Iphan, Cia. do Lazer. No Pavilhão será realizado "Movimentar é bom! Curso de Recreação para educadores", no Espaço da Bienalzinha, às 19h, com a Cia. do Lazer. Mas o publico ainda pode participar às 14h da palestra de apresentação do Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos – JEPP, programa para gestores de escolas públicas, realizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas/ Petrolina, e sobre "Empreendedorismo Cultural", às 16h, com o consultor José Lucas Mendes, na sala do Sebrae 1.Das 14h às 16h, acontece a oficina "A Educação na Construção da Identidade Sertaneja" e das 15h às 17h a de "Literatura de Cordel na sala de aula", respectivamente nas salas 1 e 2 da Univasf Juazeiro. As informações sobre inscrição para as oficinas devem ser levantadas antecipadamente no site http://www.feiradovale.com.br/, assim como a programação geral da III Feira do Livro do Vale do São Francisco podem ser consultadas na página.

SERVIÇO:
III FEIRA DO LIVRO DO VALE DO SÃO FRANCISCO (http://www.feiradovale.com.br/)
Quando: De hoje (04) até domingo (07), das 14h às 21h
Onde: Centro de Convenções Nilo Coelho de Petrolina

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

'Histórias bordadas em mim' faz estreia nacional no Aldeia do Velho Chico







Narrativa autobiográfica é o mote do primeiro espetáculo solo da atriz Agrinez Melo - Foto Lucas Hero

A peça Histórias bordadas em mim, da atriz Agrinez Melo, já é sucesso antes mesmo de estrear. O espetáculo será apresentado pela primeira vez no dia 13 de agosto, às 21h, no Palco Alternativo, em Petrolina e, depois, dia 14/08, às 16h, no Lambedor – Comunidade do Lambedor, em Lagoa Grande, ambos durante o aclamado festival Aldeia do Velho Chico. Em seguida, Histórias bordadas em mim aporta no Recife, onde cumpre temporada de 19 de agosto a 26 de setembro, no Espaço O Poste Soluções Luminosas, sempre as sextas-feiras, às 20h. Os ingressos no Espaço O Poste serão vendidos no valor de R$ 15, para estudantes, professores e idosos, e R$ 30, público em geral. Informações: (81) 8768-5804 (Oi) / (81) 9505-4201 (Tim)

A produção da peça não conta com nenhum patrocínio público ou privado. Nesse projeto, a atriz, com trajetória de sucesso junto ao grupo O Poste Soluções Luminosas, dá o primeiro passo de forma independente. Ela experimenta outro tipo de proposta cênica e de interpretação, a qual se distancia do que o público está acostumado a ver. Assim, consegue se reinventar para além do Teatro Físico, estilo que embasou a sua prática como artista da cena nos últimos 8 anos. A partir do dia 19 de agosto, a encenação chegará ao Recife em curta temporada. A obra é o primeiro trabalho solo da premiada artista que promete compartilhar fatos da própria vida com a plateia. Como alternativa de arrecadação de fundos para a realização do espetáculo, foi criada uma campanha no site Catarse, plataforma de incentivo coletivo, no dia 19 de junho deste ano. Os interessados podem contribuir doando qualquer quantia até o dia 18 de agosto. Embora as dificuldades sofridas em um período de crise financeira, a qual assombra o mercado cultural brasileiro, Agrinez defende: "não vou desistir desse sonho. Estou custeando o que posso, e acredito no incentivo coletivo".

Em tempos de exposição pessoal em narrativas autobiográficas expostas no facebook e o surgimento de youtubers, Agrinez Melo aposta na sua intimidade para conquistar o público. Na encenação, música e poesia ajudam a atriz narrar situações reais em tom aconchegante. São histórias da infância mescladas com momentos atuais, amores, dores e conquistas. Tudo isso para proporcionar um resgate no que há de mais humano: a fé no amor e a possibilidade de resignificar os acontecimentos vivenciados em um passado ainda presente, persistente.

O espetáculo está fundamentado na aproximação das pessoas pela ancestralidade e oralidade. Segundo Agrinez Melo, o ato de contar histórias gera empatia. "As histórias narradas, tão minhas, também serão do outro, pois se assemelham a diversas pessoas. A peça pode ser uma possibilidade de mudar algo na vida, transformar um olhar, ou simplesmente um convite de partilha", explica.

O novo projeto desvela uma Agrinez empreendedora e multiartista. Além de intérprete, ela assume a produção, direção, dramaturgia, figurino e cenografia. A encenação inova na relação com os demais profissionais envolvidos, que estão presentes no projeto como consultores. Exemplo disso é a dramaturga Ana Paula Sá que assume a função de assessora em dramaturgia. Outros nomes de peso da cena local como Samuel Santos, Quiercles Santana e Nazaré Sodré também se unem como consultores do projeto.

Serviço
Histórias bordadas em mim - Festival Aldeia do Velho Chico
13/08 às 21h - Palco alternativo do Sesc Petrolina 
14/08 às 16h - Comunidade Quilombola do Lambedor (Lagoa Grande)
15/08 às 18h - Céu das Águas


Histórias bordadas em mim - Temporada Recife
De 19 de agosto a 26 de setembro
Espaço O Poste Soluções Luminosas - Rua da Aurora, 529, Boa Vista
Todas as sextas, às 20h
Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (estudantes, professores e idosos)


SOBRE AGRINEZ MELO - A atriz Agrinez Melo é formada em Artes Cênicas pela Universidade Federal de Pernambuco. Foi contemplada com o prêmio de melhor atriz no Festival de Teatro de Natal (2010); conquistou o prêmio de melhor atriz coadjuvante no Janeiro de Grandes Espetáculos por duas vezes, em 2011 e 2014, respectivamente. Desde 2008, integra um dos grupos teatrais mais proeminentes do estado, O Poste Soluções Luminosas. Ainda como estudante na UFPE, teve contato com o Teatro Antropológico ao participar de aulas com o professor Roberto Lúcio, mas em 2008 se aprofundou com mais propriedade unindo pesquisa com imaginario dos orixás e praticas corporais com Samuel Santos e o teatro fisico. Em 2014, realizou uma residência em Brasilia com o pesquisador e diretor de teatro, o italiano Eugênio Barba, um dos nomes mais fortes das artes da cena na atualidade. 

Cronologia das premiações 

2010 - Recebe prêmio de melhor atriz com o espetáculo Cordel do amor sem fim - Festival de Teatro de Natal;

2011 - Conquista o prêmio de melhor atriz coadjuvante com o espetáculo Cordel do amor sem fim - Janeiro de Grandes Espetáculos;

2014 - Mais uma vez, é agraciada com prêmio de melhor atriz coadjuvante com o espetáculo Anjo Negro - Janeiro de Grandes Espetáculos.

FICHA TÉCNICA
Atuação, Produção, Dramaturgia, Figurino, Cenografia e Direção: Agrinez Melo
Assessoria em Dramaturgia: Ana Paula Sá
Assessoria em Direção: Naná Sodré, Quiercles Santana e Samuel Santos
Concepção Musical e Sonoplastia: Cacau Nóbrega
Assessoria em toadas: Maria Helena Sampaio (YaKêkêrê do Terreiro Ilê Oba Aganju Okoloyá)
Maquiagem: Vinicius Vieira
Aderecista: Álcio Lins
Cenotécnico: Felipe Lopes
Foto, Áudio e Filmagem: Lucas Hero
Direção e edição de vídeo: Taciana Oliveira (Zest Artes e Comunicação)
Assistente de produção: Nayara Oliveira
Designer: Curinga Comuniquê
Assessoria de imprensa: Luciana Torreão

Antonio Carlos Viana e Luís Henrique Pellanda estão entre os destaques da 3ª da Feira do Livro do Vale do São Francisco, em Petrolina

Antonio Carlos Viana e Luís Henrique Pellanda estão entre os destaques da 3ª da Feira do Livro do Vale do São Francisco/Foto divulgação









Muitas novidades incrementam a programação da terceira edição da Feira do Livro do Vale do São Francisco, que acontece desta quinta-feira (04) até domingo (07), em Petrolina. O evento, que se tornou o maior sucesso na região, vai esquentar a temperatura do Centro de Convenções Senador Nilo Coelho com uma vasta agenda gratuita para todos os públicos com brincadeiras culturais, apresentações artísticas, contação de histórias, declamações poéticas e literárias, mesas redondas, lançamentos de livros, oficinas, palestras e bate-papos com autores e especialistas do setor livreiro. Co-realizada pela Secretaria de Educação da Cidade, produtora Cia. de Eventos e Ideação, a iniciativa contará com diversos nomes de destaque dentro das atividades que acontecem durante quatro dias, sempre das 13h às 21h. "Essa terceira edição do evento talvez seja a versão da Feira cuja programação é mais diversa, justamente por tentar abarcar vários lados da literatura como o contemporâneo", diz o curador do evento, o jornalista Schneider Carpeggiani.

- O evento traz cerca de 30 atividades para o público em parceria com Sebrae, Museu Cais do Sertão, Iphan, Univasf, ANL e Cia. do Lazer ANL -
Entre os participantes está o romancista e cineasta Fernando Monteiro, vencedor em 2013 do primeiro Prêmio Pernambuco de Literatura, na Categoria Romance, com O Livro de Corintha. O pesquisador e professor Genivaldo do Nascimento, coordenador geral do Clisertão (Congresso Internacional do Livro, Leitura e Literatura no Sertão), também participa de conversa com o trabalho de movimentação e divulgação da literatura brasileira na região. A programação ainda integra a poetisa e historiadora Micheliny Verunschk, única mulher estreante e também a mais jovem a ficar entre os dez finalistas do Prêmio Portugal Telecom de Literatura, em 2004. Com diversos trabalhos publicados na Europa, foi vencedora em 2014 do Prêmio São Paulo de Literatura com "Nossa Teresa - Vida e Morte de uma Santa Suicida". "É muito bom realizar a Feira do Livro em Petrolina num ano em que a cidade já recebeu o Clisertão, que é bienal. Quando eles acontecem em paralelo, é uma forma de analisarmos o trabalho que esses dois eventos - o Clisertão e a Feira do Livro - têm realizado para divulgar e problematizar a literatura contemporânea, não apenas a feita na região, também no Brasil", reforça Carpeggiani.

A grade se complementa com destaques renomados nacional e internacionalmente como escritor sergipano Antonio Carlos Viana, vencedor do prêmio APCA em 2009, autor de "Jeito de matar lagartas". Lançado no final de 2015, pela Cia. das Letras, a publicação traz retratos incomuns de personagens comuns no seu universo e é destaque em bate papo com o curador Schneider Carpeggiani. O cronista e contista brasileiro paranaense Luís Henrique Pellanda é um dos nomes que está hoje reformulando a crônica no Brasil e fala no evento de como o gênero é fundamental para pensarmos o país e o jornalismo. Auto de "Asa de Sereia" (Porto Alegre: Arquipélago Editorial, 2013), teve a sua primeira publicação "O macaco ornamental" (Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2009) classificada em segundo lugar no Prêmio Clarice Lispector 2010, na categoria conto, concedido pela Fundação Biblioteca Nacional, e foi finalista do Prêmio Jabuti de Literatura, em 2012 com o livro "Nós passaremos em branco" (Porto Alegre: Arquipélago Editorial, 2011). 

"De certa forma, a programação da Feira do Livro do Vale do São Francisco nesse ano é marcada pela fala do escritor Fernando Monteiro, que terá como tema o questionamento de como escrever sobre o contemporâneo, sobre o compromisso que o escritor tem na hora de começar a pensar em um livro e a publicar. Temos Antonio Carlos Viana, um dos maiores contistas do Brasil; o cronista Luís Henrique Pellanda, que ministrará uma oficina sobre a importância da crônica; além de Micheliny Verunschk, que está para lançar um romance sobre a história recente do Brasil e a sua própria história; o poeta Miró também lançará seu novo livro que fala do seu difícil processo de recuperação, o Penúltimo olhar sobre as coisas", diz o curador. 

Homenageado em 2015 na X Bienal Internacional do Livro de Pernambuco (evento realizado no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda), Miró da Muribeca não só irá lançar seu novo livro "O Penúltimo Olhar Sobre as Coisas", como também comemorará o seu aniversário de 56 anos em nossa III Feira do Livro do Vale do São Francisco. O poeta pernambucano marcará sua presença no evento literário com ação especial o "Recital Poético". "Isso tudo além de mesas sobre a questão do cordel no século 21 e sobre a lusofonia. Talvez essa seja a programação mais diversa e apoiada pelas questões do momento presente que já tivemos", completa. A literatura de cordel estará em evidência com diversas atividades como uma exposição do acervo da escritora e pesquisadora Maria Alice Amorim que ainda compartilha seu conhecimento em oficina com o tema "Literatura de Cordel na sala de aula" e bate papo em palestra sobre "O Cordel no Terceiro Milênio", destacando como é essa produção nos dias da cibercultura.

A relação da cultura, leitura e tradições também está interligada a partir de parceria com o Museu Cais do Sertão, na qual serão exibidos três curtas do seu acervo exclusivo, produzidos por alguns dos nossos maiores expoentes cinematográficos: Paulo Caldas e Lírio Ferreira. Serão apresentados para a apreciação do público nos quatro dias do evento os filmes "Lua" de Paulo Caldas e "4Kordel" de Lírio Ferreira, produzidos pelos cineastas, com o apoio de Ramon Dias do Educativo Cais do Sertão e que integra o Coletivo Lá no Meu Sertão Caboclo Lê, que atuará como mediador da ação. Além disso, uma programação especial foi pensada e desenvolvida para a criançada com a Bienalzinha, uma iniciativa vinculada às ações da Bienal Internacional do Livro de Pernambuco, em parceria com a Cia. do Lazer, que envolve um ambiente específico para as atividades com o público infantil. Entre as atividades para animar o público infantis estão Brincando com as Letras, Brincadeiras com O Patinho Tuga, Quiz Literário, Brinquedo Cantado, Cantinho da Criação, Jogos Gigantes, Gincana do Livro, Rally do Conhecimento, Contação de história interativa - contando e brincando e bate papo com diversos autores como Ana Barros e Júlio Lóssio de "Meus bichinhos da Caatinga".

Para quem busca ampliar seus conhecimentos, estarão sendo oferecidas oficinas variadas, durante os quatro dias da Feira do Livro do Vale do São Francisco 2016, voltadas para professores, educadores, arte-educadores e pessoas interessadas. São elas "A Educação na Construção da Identidade Sertaneja", "Literatura de Cordel na sala de aula" e "Educação Patrimonial por meio de Inventários Participativos", "Movimentar é bom! Curso de Recreação para educadores", realizadas em parceria com o apoio da Univasf, o Sebrae, o Museu Cais do Sertão, Iphan, Cia. do Lazer. E na área de atividades de formação ainda teremos a palestra "Empreendedorismo Cultural" com o consultor José Lucas Mendes, e uma apresentação do Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos – JEPP, programa para gestores de escolas públicas, realizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas/ Petrolina. As informações sobre inscrição para as oficinas devem ser levantadas antecipadamente no site http://www.feiradovale.com.br/.

Integrado ao calendário cultural do estado e considerado já como um dos principais eventos da região, a Feira do Livro do Vale do São Francisco tem ajudado a reforçar a força do mercado literário brasileiro, regional e pernambucano. Realizada há mais de dois anos, reúne em um mesmo espaço expositores do mercado livreiro, escritores, artistas e produtores culturais que movimentam uma ampla programação voltada a disseminação da cultura e educação através da leitura. A programação da III Feira do Livro do Vale do São Francisco proporcionará várias novidades para a região, pode ser conferida nas mídias sociais do evento (https://www.facebook.com/FeiradolivrodoVale/?fref=ts) e no site http://www.feiradovale.com.br/.


SERVIÇO:
III FEIRA DO LIVRO DO VALE DO SÃO FRANCISCO (http://www.feiradovale.com.br/)
Quando: Desta quinta-feira (04) até domingo (07), das 13h às 21h
Onde: Centro de Convenções Nilo Coelho de Petrolina
INFORMAÇÕES:

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Secretário estadual de Meio Ambiente garante que Petrolina não sofrerá mudanças nas regras de licença ambiental

O Secretário estadual de Meio Ambiente Sérgio Xavier afirmou na tarde desta terça-feira (2) em Recife, que Petrolina não será afetada com a resolução do Consema, que prevê mudanças nas regras de licenciamento ambiental feita pelos municípios.



Reunido com o conselheiro da Unidade Regional do Sertão do São Francisco - URSF da Federação das Indústrias de Pernambuco - FIEPE, Alexandre Araújo, Xavier também garantiu que as funções da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA) de Petrolina, não serão afetadas pelas novas regras. "Nossa expectativa é que não exista nenhum problema. No caso de Petrolina, que é uma cidade de referência ambiental, o empreendedor e as pessoas que hoje estão usando a estrutura municipal para fazer suas licenças podem ficar tranquilas, que o que vai acontecer daqui pra frente é só no sentido de melhorar, aperfeiçoar, e não dificultar, em nada, esse processo que já é feito de forma muito tranquila", salientou.

Para Alexandre Araújo o encontro foi bastante produtivo. "No meio empresarial de Petrolina, há um entendimento de que a resolução promoveria maior burocratização, falta de profissionais e diminuição das licenças ambientais para áreas que vem impulsionando a economia petrolinense, como a construção de conjuntos habitacionais, empreendimentos imobiliários, indústrias, comércios e serviços", ressaltou.

Araújo lembrou ainda que o secretário fez questão de levar para a reunião a presidente da Agência Estadual de Meio Ambiente de Pernambuco CPRH – PE, Simone Souza, que também se mostrou comprometida em dar autonomia aos municípios pernambucanos na concessão das licenças ambientais. Participaram também da reunião, algumas lideranças de Petrolina, a exemplo do presidente do Sindilojas – Sindicato do Comércio Varejista de Petrolina, Joaquim de Castro e representantes do segmento da construção civil, Flávio Coelho e da agricultura, Danilo Biones.

Além de Petrolina, outras 18 cidades estão preocupadas com a mudança. Dentre os municípios que podem ser afetados estão Olinda, Caruaru, Jaboatão, Serra Talhada, Salgueiro, Lagoa Grande e Recife.

segunda-feira, 25 de julho de 2016

ONG em Jardim São Paulo muda para melhor a vida dos moradores


Fotos Katy Cabral





Acreditar nos sonhos, arregaçar as mangas e fazer acontecer. Com esse pensamento o professor e ex-morador do bairro de Jardim São Paulo, Edson Júnior criou há seis meses uma ONG com o seu nome e movimenta inúmeras atividades com o objetivo de desenvolver a economia local, qualificar as pessoas, gerar emprego, renda e disponibilizar uma atividade artística para as crianças. 


Além do vínculo emocional que o une ao bairro onde nasceu e foi criado, o professor mantém inúmeros amigos e conseguiu com sua visão de desenvolvimento sustentável da periferia, arregimentar uma legião de voluntários que estão fazendo o projeto acontecer. "Desenvolvemos inúmeras atividades na ONG. Ministramos cursos profissionalizantes de recepcionista, logística, entre outras atividades, cobrando uma taxa de R$ 35,00, referente ao material didático. Também realizamos, na Praça central do Bairro, a Feira de Artesanato e Negócios (FAN), onde os moradores desenvolvem suas potencialidades e expõem seus produtos para vender sejam nas áreas de artesanato ou gastronômica. O investimento oscila entre R$ 10 E R$ 25, com direito a camisa do evento e mesa para expor seus produtos", salienta o professor.




Outra iniciativa que vem dando muito certo são as aulas de ballet gratuitas para as crianças. O curso ministrado pela professora Georgia Paula da Silva, acontece em dois horários aos sábados, das 14h às 15h e das 15h às 16h. " A primeira turma é composta por alunas dos 06 aos 10 anos e a segunda são as pequeninas dos 03 aos 05 anos. Tem que haver essa divisão por que as aulas e a didática são diferentes", reforça a profissional.


Verônica Borges, mãe de Elisa Beatriz, de 3 anos, está feliz da vida com a chegada da ONG no seu bairro. " Minha filha que é hiper ativa melhorou bastante a concentração e está bem mais calma desde que iniciou no ballet, há 4 meses. Em agosto, eu pretendo iniciar um curso de recepcionista", ressalta. Elis Ferreira de Andrade é outra mãe que está muito feliz com as aulas de ballet. A filha de 6 anos, Sophia Ferreira, adora as aulas. " Ela virou minha professora e da avô. O tempo todo nos incentiva a melhorar nossa postura", confidencia. Em agosto, Elis e mais cinco amigas pretendem dá início ao curso de logística na ONG.


SERVIÇO:

ONG Professor Edson Júnior

Avenida Piracicaba, 699, Jardim São Paulo

Informações. 81. 9 8686.7104

Walter França comanda evento gratuito sobre obesidade


Dr Walter França- Fotos Adriana Ximenes




Estar acima do peso além de ocasionar vários problemas de saúde afeta muito a autoestima e, em alguns casos pode até levar a doenças graves como a depressão. O estresse do dia a dia atrelado a má alimentação e ao sedentarismo são apontados como os grandes vilões para a obesidade. Em alguns casos, quando não se trata de muitos quilos, a reeducação alimentar aliada à prática de atividade física resolvem o problema. Em outros, só a cirurgia bariátrica. Com mais de 3 mil cirurgias no currículo o cirurgião Walter França comanda nesta segunda-feira (25), às 19h, no 7º andar do anexo 3, do Hospital Esperança, a Reunião Multidisciplinar da Obesidade.No evento gratuito haverá palestra de nutricionista e psicóloga, bem como, depoimentos de pacientes já operados.


Entre os procedimentos mais usados na cirurgia bariátrica estão o Bypass intestinal e o Sleeve. No Sleeve ou Gastrectomia Vertical, o estômago do paciente é grampeado em forma de tubo que vai do esôfago ao duodeno. Assim se reduz o estômago em até 80% do seu tamanho. O novo órgão fica com 150 ml a 250 ml e com forma parecida com um tubo gástrico. "Nessa redução se retira parte do fundo gástrico, região que produz o hormônio grelina, responsável pela sensação de fome. Após a cirurgia, o apetite diminui. Esse procedimento é indicado para paciente com obesidade 3 e mórbida principalmente o que possuem problemas intestinais ou quadro de anemia importante", enfatiza.


NoBypass intestinal de ForbiCapella há um desvio do intestino delgado fazendo com que o paciente absorva menos gordura do que antes. Todo o intestino continua funcionando normalmente e a absorção de vitaminas e minerais permanece a mesma. "A média de perda de peso do paciente que se submete ao Bypass, oscila entre 40%, mas pode variar entre 25% e 55%", relata a profissional.






De acordo com o cirurgião bariátrico Walter França os quilos a mais não interferem apenas na autoestima dos pacientes mas, colaboram para desencadear várias doenças como problemas cardiovasculares, câncer, depressão, hérnias, diabetes II, dermatites e dislipidemia(alteração do colesterol). Apnéia do sono, incontinência urinária ,disfunções hormonais e erétil nos homens, doenças articulares e do refluxo, entre outros problemas, acometem que está bem acima do peso. Hoje já é possível operar um paciente com índice de massa corpórea (IMC) partir de 30, com doenças correlatas e, como qualquer outra cirurgia, a bariátrica tem riscos, mas as doenças relacionadas ao excesso de peso, matam muito mais. " O risco de óbito numa cirurgia bariátrica é de 0,3, já a obesidade mata 10 vezes mais", relata o profissional.



SERVIÇO


Clinica Dr. Walter França


Telefones : (81) 3131 7887 / 3423 9272 / 3424.9796